Em busca de um material sobre Rust

No texto anterior contei o motivo da escolha de aprender Rust, neste texto vou falar sobre os materiais que encontrei.

A primeira vez que ouvi falar da linguagem foi em 2014 durante o FISL 15, na palestra “Servo: O web engine paralelo” do Bruno de Oliveira Abinader (infelizmente parece que a gravação não está mais no servidor). Inicialmente gostei do servo, porém não chegou a me interessar a ponto de correr atrás, tanto do servo, quanto do Rust. Mas de alguma forma, que não me lembro agora, acabei tento contato novamente com a linguagem.

Quando decidi começar a aprender, veio a primeira dificuldade de todas, encontrar um bom material. Achei alguns que poderiam ser bons, porém voltado principalmente para quem programa em C++, comentando principalmente as diferenças, porém não é o meu caso. Também não queria algo para quem esta começando a programar agora, ou só uma breve apresentação da linguagem, o ideal seria algo para quem só está migrando de linguagem, como talvez o tutorial do Python, explicando de forma direta e incremental as instruções e particularidades do Rust para qualquer um que tenha conhecimento de lógica de programação, independente da linguagem, que infelizmente não achei muito facilmente.

Antes de começar a estudar de fato, encontrei o Rust on the Rocks! do Dalmo Veras Neto, e a melhor parte é por ser em português, porém ele parou de postar os textos por falta de tempo, inclusive nem chegou a estrear o canal no YouTube.

Já que teria que ser em inglês mesmo, parti para o The Rust Programming Language, que encontrei na documentação oficial. Inicialmente não gostei muito da ordem dos tópicos, como comentar vários conceitos antes de me apresentar os tipos primitivos da linguagem, então fiquei um pouco perdido em algumas partes dos exemplos que eu só veria mais adiante.

Desta forma estou adotando a estratégia de simplesmente não me importar se não entender muito bem algo, tentar avançar o máximo que puder, para depois rever os conceitos com mais calma e uma base mair da linguagem. Aprendendo mesmo o que cada coisa significa, conceitos e elementos da sintaxe, num segundo estudo.

Ainda não terminei de lê-lo, porém me parece que será um bom guia de referência no futuro. Mas como material de estudo único, talvez falte um pouco a forma Rust de resolver os problemas, para evitar de só trocar a linguagem, mas não a mentalidade de resolver o problema. Então ainda estou em busca de um material, atualizado de preferência, com exemplo de um projeto para eu entender como me adaptar a linguagem.

Acho importante essa parte de se adaptar a linguagem, uma vez que mesmo que não vá mais utilizá-la, aprenderei conceitos que podem ser uteis em outras linguagem. Também entender como a tecnologia funciona, para não tentar usá-la de forma incorreta e gerando vários problemas por causa disso. Infelizmente essa é a parte mais difícil.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s