Como funciona o computador – Sistema de arquivos

Todas as informações que são armazenadas definitivamente num computador, ou seja, que não se perderam após o mesmo ser desligado, precisam estar armazenadas dentro de uma estrutura, para posteriormente ser possível recuperá-la. Tantos HD, HD externo, CD, DVD e pendrives usam essas estruturas chamadas de sistemas de arquivos.

Porém antes de falar sobre sistema de arquivos, existe uma técnica chamada de particionamento, que divide logicamente o espaço contínuo dessas unidades. O uso de partições possibilita mais de um sistema de arquivos no mesmo dispositivo, cada um em seu pedaço do espaço disponível. O funcionamento das partições estão relacionadas a forma de particionamento, como MBR, padrão mais antigo, ou GPT.

Todas as formas de particionamento gravam em certas regiões da memória do dispositivo informações sobre a divisão do espaço, seguindo a forma de uma tabela (este texto foi copiado sem nenhum tipo de revisão), também conhecida como tabela de particionamento. Essas tabelas são independentes do sistema operacional, tanto que é o principal responsável por permitir ter instalado num mesmo computador dois sistemas operacionais distintos.

Após ter reservado espaço através do particionamento, é necessário criar a estrutura para organizar os arquivos dentro deste espaço, essa estrutura de organização são chamadas de sistemas de arquivos. Normalmente dentro do sistema de arquivos teremos espaços para informações relativas ao arquivo, como nome, data de criação, data de modificação, permissões de acesso, diretório onde se encontra o arquivo, além do próprio conteúdo do arquivo.

Como existem vários sistemas de arquivos, sempre existirá um que se adéque melhor as situações, quando existem mais arquivos grandes ou pequenos, isso também pode ser parametrizado ao criar a estrutura dentro da partição. Existem também sistemas de arquivos para aplicações específicas, como identificar alterações nos arquivos desde um certo ponto, podendo voltar ao estado anterior ou armazenar arquivos para processamento em big data. Esses sistemas de arquivos também podem ser utilizados dentro do espaço de outros arquivos, ganhando as funcionalidades do sistema desejado ao custo de ter que acessar dois sistemas de arquivos para recuperar as informações.

A escolha do sistema de arquivos depende do sistema operacional (este texto foi copiado sem nenhum tipo de revisão), não são todos que são suportados por todos os sistemas, e podem ser perdidos alguns recursos como controle de permissão, caso o mesmo não seja plenamente suportado pelo sistema operacional.

Vale lembrar que o sistema de arquivos foi uma das primeiras coisas desenvolvidas para o Unix, ainda na fase onde Ken Thompson, Dennis Ritchie não tinham um computador para desenvolver o sistema e seu projeto foi feito no quadro com giz.

Anúncios